Pliometria no esporte




Pliometria, o nome realmente não é animador, mas trata-se de um dos treinamentos mais eficazes para trabalhar os músculos e ganhar agilidade. 

Existem vários conceitos de como exercitar o corpo. Algumas técnicas utilizam diversas repetições do mesmo exercício, mas com pouco esforço. A pliometria não. O conceito básico orienta: mais força com mais velocidade. 

Atletas de ponta usam e abusam da pliometria. Mas pessoas comuns também podem adotar esse treinamento, com uma condição: desde que tenham um bom condicionamento físico.

" Atenção! Uma pessoa sedentária ou que não está habituada com a prática de atividade física deve primeiro aprender a absorver o impacto para depois usar os movimentos pliométricos. O sedentário, por ter uma inibição dos fatores neuronais (estimulo do sistema nervoso central) não consegue contrair os músculos rapidamente".

Élson Miranda de Souza

Também não imagine grandes malabarismos para os exercícios pliométricos. Atos simples, como subir e descer uma escada correndo, sem interrupções, já é pliometria. " Descer e subir escadas é uma atitude dinâmica, assim como carregar o seu filho no colo. Em muitas situações  comuns se encaixa a pliometria", explica o professor de educação física e técnico da seleção brasileira de atletismo e coordenador do Centro de Medicina Esportiva do Sírio Libanês, Élson Miranda de Souza.

A principal característica é fazer com que o músculo alcance a força máxima no período de tempo mais curto possível. Como o arranque durante uma corrida. Você alonga os músculos na hora em que estica as pernas para correr e depois encurta quando acontece o impacto com o solo. Não entendeu? Imagine então o simples ato de saltar. Estimulando os músculos por meio de alongamento precedido de encurtamento. E para praticar pliometria nem precisa usar muito peso. É possível trabalhar tendo o seu próprio corpo como sobrecarga.  

COMO SURGIU A PLIOMETRIA

A pliometria surgiu na Rússia, há aproximadamente 10 anos, quando um atleta tentou apanhar uma bola que estava em cima de um armário. Ele descobriu que pulando de um banco e logo dando impulso com seu corpo (como uma mola) pegaria o objeto com mais facilidade.

   "No começo, usava-se a altura para descobrir o nível de cada pessoa", afirma Souza. "Nos experimentos iniciais alguns atletas saltavam mais de 2m de altura, o que provocava lesões". A partir daí, chegou-se à conclusão que esse trabalho com plataforma é eficiente até uma altura entre 50 a 70cm.

VANTAGENS DA PLIOMETRIA

    São as seguintes vantagens do treinamento pliométrico:

- Produção de movimentos explosivos mais facilmente, como por exemplo, arrancar.

- Capacitação do músculo para conseguir uma força máxima em um período de tempo mais curto possível: mais agilidade e força.

- Produção de trocas musculares e neuronais que facilitam o rendimento de gestos de movimentos mais rápidos e potentes. 

- Melhora da eficiência mecânica dos músculos utilizados. 

- Aumento da tolerância a cargas de alongamento mais elevadas. 
 



Comente: