Entenda o Fartilek




A busca da maior parte dos corredores é crescer e evoluir na corrida, ganhando desempenho e preparo físico. Porém, usar diariamente os mesmos tipos de treino pode não ser suficiente para esta melhora. Exercícios específicos ajudam o corredor a ficar mais rápido e, o que é melhor, até de uma forma divertida.

Um dos treinamentos que podem ajudar o atleta a sair da rotina é o Fartlek. Criado na década de 30, pelo treinador sueco Gösta Holmér, esse exercício é conhecido até hoje por causa das suas vantagens na prática da corrida. O nome diferente é derivado de duas palavras suecas: "fartlöpning", que significa correr, e "lek", tradução de brincar. Desta forma, pela sua dinâmica nas ruas, esse treinamento pode ser considerado uma "brincadeira de correr".

O Fartlek é um treino de velocidade, que visa um melhor desempenho do corredor. "Atuando com variações de ritmo, esse treinamento consiste em fazer um treino pesado brincando, trazendo melhora na velocidade, condicionamento, força e performance", diz Kim Cordeiro, direto técnico da BK Sports.

No Fartlek, além de o corredor dever misturar variados terrenos, ele conseguirá trabalhar também alguns fundamentos da corrida. Quanto mais variada for a prática do exercício, mais divertida e proveitosa para a performance ela será. 

Existem quatro variações do treinamento, confira quais são:

1º Fartlek original: Consiste no corredor definir seu próprio ritmo e distância que será percorrida. A variação de terreno também é um dos pontos fortes, como correr na areia, terra, grama, subida e descida, etc.

2º Fartlek dirigido: Nesse treino, a distância e o ritmo da corrida são decididos e controlados pelo treinador. Treinos na esteira são bem cabíveis, já que a velocidade e o terreno (subidas e descidas) podem ser regulados.

3º Fartlek especial: Diferentes distâncias, ritmos e tempos fazem partes deste treino. Exercícios educativos e saltos podem ser mesclados com a corrida.

4º Fartlek líder: Treino realizado em grupo. Em cada momento, um corredor vira o líder, determinando qual será a velocidade. Os outros devem tentar ultrapassá-lo, virando assim o novo líder. É necessários que os corredores sejam do mesmo nível técnico e que seja estabelecido distâncias e a duração do treino.

Vantagens e desvantagens
Como em qualquer treinamento, o Fartlek tem seus prós e contras. As vantagens são bem numerosas. "O Fartlek pode melhorar o volume do coração, que irá bombear mais sangue, o desempenho do atleta, o fortalecimento muscular e a capacidade pulmonar, tendo uma melhor oxigenação", explica Júlio Coelho, diretor técnico da Equipe Júlio Coelho Assessoria Esportiva.

O maior contra deste treinamento é, mesmo sendo divertido de ser realizado, ser um exercício desgastante e puxado para os corredores, não podendo assim ser colocado frequentemente nos treinos, assim como os exercícios intervalados. 

Mesmo sendo um exercício atraente para todos os tipos de corredores, algumas pessoas devem ter um cuidado a mais na hora de realizá-lo. Corredores iniciantes, que acabaram de entrar no "mundo da corrida", devem ser poupados desse treinamento, já que ficará mais difícil cumprir o ritmo que será imposto.

Corredores que já completam as distâncias de 5 km podem realizar o treinamento naturalmente, com tanto que ele seja realizado a cada dez dias, para que o desgaste não atrapalhe os treinamentos durante a semana.

Fonte: O2Minuto

Já visitou a área de Educação Física do site? Acesse clicando aqui



Comente: