Ídolos do Esporte #12 Bruno Souza




Principal destaque da seleção brasileira de handebol, Bruno Souza confirmou história de sucesso no time no Pan-Americano do Rio de Janeiro com a medalha de ouro conquistada sobre a Argentina. Em 2003, em Santo Domingo, o jogador também foi ouro. E ganhou prata no Pan de Winnipeg-99.

Caio Mello/Divulgação

Os 14 gols marcados na decisão do Pan de Winnipeg-99 abriram caminho para a carreira de Bruno Souza deslanchar no exterior. No mesmo ano, o armador se transferiu para o Frisch auf Goppingen, na Alemanha, onde viria se tornar o maior nome do handebol brasileiro. 

A equipe disputava havia 12 anos a segunda divisão do Campeonato Alemão. No fim da primeira temporada, Bruno foi vice-artilheiro do torneio. Na segunda temporada, foi o maior goleador e o time subiu para a divisão principal. Durante três anos seguidos (2002, 2003, 2004) foi eleito para a seleção do mundo. 

Em 2003, duas consagrações: uma internacional, ao ser eleito o terceiro melhor jogador de handebol do mundo. Outra com a seleção brasileira: foi ele quem marcou o gol decisivo que deu o ouro ao Brasil na final contra a Argentina no Pan de Santo Domingo-03. Com a conquista, o jogador também ganhou fama no país, onde o handebol tem tratamento tão diferente da atenção recebida na Alemanha, onde é ídolo. 

Em Atenas-04, quando o Brasil ficou em 10º lugar, Bruno foi o jogador mais marcado e ainda foi o artilheiro da seleção na Grécia, com 28 gols. No ano passado, Bruno se transferiu para o Hamburgo, um dos times mais fortes da Liga alemã, que por sua vez está entre as competições mais fortes da Europa. 

  Alexandre Durão

Na transição de clube, o armador pediu dispensa da seleção que disputaria o Pan da modalidade, o que gerou atritos com o técnico espanhol Jordi Ribera. No Mundial deste ano, disputado na Alemanha, Bruno não foi chamado por Ribera, e assistiu da arquibancada o Brasil ser eliminado na primeira fase. 


De volta à seleção, que defende há dez anos, Bruno se consagrou no Rio de Janeiro com a conquista da medalha de ourono Pan de 2007.

É sem duvida o melhor jogador de Handebol brasileiro na atualidade.



Comente: