Ídolos do Esportes #21 Diego Hypolito




Diego Matias Hypolito (Santo André, 19 de junho de 1986) é um ginasta brasileiro que compete em provas de ginástica artística.

Diego é bicampeão mundial do solo e membro ativo na seleção brasileira. Único representante brasileiro nos Jogos Olímpicos de Pequim, caiu em sua série de solo, aparelho este em que era favorito ao título, e encerrou em sexto.

É irmão da também ginasta Daniele Hypólito.

http://oglobo.globo.com/blogs/arquivos_upload/2008/03/31_1110-diego.jpg

Campeonatos Mundiais de Ginástica Artística

Debrecen 2002 e Anaheim 2003

Sua primeira aparição em mundiais ocorreu na cidade húngara de Debrecen. Competindo em seu principal aparelho, o ginasta conquistou vaga na final e atingiu a quinta colocação na prova. Na segunda participação, em Anaheim, nos Estados Unidos, Diego melhorou sua colocação em relação ao evento anterior e conquistou a quarta colocação no aparato, única final na qual esteve presente.

Melbourne 2005 e Aarhus 2006

Nessa edição pós-olímpica, sob um novo sódigo de pontos, Diego, aos dezenove anos, teve sua estreia em pódios de mundiais, ao conquistar a medalha de ouro nos exercícios de solo, superando o canadense Brandon O'Neill, e o húngaro Robert Gal, prata e bronze, respectivamente.

Sua quarta participação no evento global, ocorreu na cidade dinamarquesa de Aarhus. Na ocasião, classificou-se para a final do salto e do solo. Na final do salto sobre a mesa, Diego somou 15,662 pontos, suficientes apenas para a quinta colocação geral, em prova vencida pelo romeno Marian Dragulescu. Na seguinte, o solo, foi novamente superado por Dragulescu e terminou na segunda posição, com a medalha de prata, não atingindo assim, o bicampeonato. 

http://www.ebafutebol.com.br/wp-content/uploads/2010/03/diego-hypolito-se-recupera-bem.jpg

Stuttgart 2007

Sua quinta participação em mundiais decorreu-se em Stuttgart, Alemanha. No evento, Diego competiu em todos os aparelhos, visando a final por equipes e do concurso geral. Pontuando 16,050 no solo, conquistou a vaga para a final do aparelho, ao lado de mais sete ginastas: Makoto Okiguchi, Fuliang Liang, Alexander Shatilov, Guillermo Alvarez, Hisashi Mizutori, Zou Kai e Gervasio Deferr. Como o primeiro a competir, Diego somou 16,150, 0,100 a mais que na fase qualificatória, e favorecido pelas penalidades atribuídas ao chinês Zou Kai e ao japonês Makoto Okiguchi, conquistou a medalha de ouro, e com ela o bicampeonato no aparato. O espanhol Gervasio Deferr e o japonês Hisashi Mizutori, completaram o pódio dessa competição mundial, com a prata e o bronze, respectivamente.

Londres 2009

Na edição realizada na capital inglesa, Diego apresentou-se apenas nos exercícios de solo, ao optar por deixar de se participar das provas do salto, devido a cirurgia feita algumas semanas antes. Competindo no aparelho durante as classificatórias, caiu e pontuou 15,400, atrás 0,250 ponto do último classificado, o japonês Makoto Okiguchi. Reserva, não disputou a final, vencida pelo romeno Marian Dragulescu.

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/b/be/Diego_Hyp%C3%B3lito_17072007.jpg

Jogos Olímpicos

Pequim 2008

Sua primeira aparição olímpica, foi realizada nos Jogos Olímpicos de Pequim, na China.

No evento, Diego se apresentou em dois aparelhos durante a fase qualificatória: salto e solo. No salto, só executou o primeiro e não pôde ir à final. Já no solo, pontuou 15,950 e classificou-se na primeira posição. Na final deste evento, sofreu uma queda em seu último exercício, terminando, desacreditado, em sexto lugar.

Comente: