O vilão é o Assis?





A novela Ronaldinho Gaúcho ganha ares de seriado americano com várias temporadas. Com Gremio, Flamengo, Corinthians, Palmeiras e até um time americano interessados, inclusive fazendo propostas para o seu procurador e tendo reuniões em churrascarias do Rio de Janeiro, o procurador do Ronaldinho, seu irmão Assis, segue com a indefinição de onde o craque jogará em 2011.


Certo mesmo é que haverá a rescisão de contrato com o Milan e portanto no Milan ele não joga mais. Mas levantando o interesse desses clubes brasileiros, o Assis despertou novamente a fera que é o Ronaldinho Gaucho para o Marketing.

Mas porque despertou? É público que o Ronaldinho que chega  hoje no Brasil não é o mesmo que jogou no Barcelona e que o levou a ser o melhor jogador do mundo em 2004 e 2005. É público também que as atuações do Ronaldinho no Milan, seu último clube, foram aquém das expectativas. Com toda essa especulação, não há assunto mais comentado do que o Ronaldinho Gaúcho. Jornalistas apostam no time que ele jogará, torcedores lembram dos velhos tempos do craque, porque é indiscutível que ele é craque, dirigentes dos clubes envolvidos fazem contas, reunião, promessas para poder com o craque que é certeza de retorno garantido.

E por saber que o Ronaldinho ainda dá retorno a quem quiser investir nele que o Assis, seu empresário, viaja de um lado para o outro, ouvindo propostas, tendo garantias de pagamento e valorizando o seu "produto". Com toda essa especulação, Ronaldinho volta ao Brasil (embora tenha a possibilidade de ir para os Estados Unidos) por cima, como craque que encanta multidões e não como jogador em final de carreira que não consegue mais jogar em bom nível na Europa. 

Assis sabe o que tem na mão. E valoriza-lo fazendo leilão entre os clubes que estão na disputa faz parte do seu trabalho como empresário. Hoje tem uma entrevista coletiva marcada as 15 h no Rio de Janeiro no Copacabana Palace, convocada pelo próprio Assis.  Não sei se será o fim do mistério. Mas você tem dúvidas que haverá muitas pessoas ligadas nessa entrevista e no que ele tem a falar?




Comente: