Regras do tiro desportivo





A modalidade do tiro esportivo divide-se em três categorias: pistola, carabina e tiro ao prato. A diferença entre as duas primeiras é a arma: a pistola é curta e só pode ser usada com uma mão, enquanto a carabina é longa e o disparo é de ar comprimido ou dióxido de carbono. Já nas provas de tiro ao prato a distância entre o atirador e o alvo, fixo ou móvel, e o número de tiros varia conforme a arma utilizada.


Carabina:

- Três posições (masculino e feminino): O alvo fica a 50m do competidor, que posiciona-se de três formas distintas - de pé, ajoelhado e deitado. Os homens têm 40 tiros e mulheres têm 20.

- Pequeno calibre - Deitado (masculino): Os alvos ficam a 50 m do competidor, que tem 60 tiros para dar. 

- Carabina de ar (masculino e feminino): De ar comprimido ou de dióxido de carbono. Em pé, o competidor fica a dez metros do alvo. Os homens têm 60 tiros e as mulheres, 40. 

Tiro esportivo
Imagem cedida pela Confederação Brasileira de Tiro Esportivo
Carabina

Pistola:

 - Alvo móvel: A prova tem as fases lenta e rápida. O alvo visível é um prato de 11cm de diâmetro. São duas fases de cinco segundos. São disparados 30 tiros em cada fase.

- Pistola livre - 50 m: Com apenas uma mão, o competidor atira. Ele tem seis séries de 60 tiros e o alvo fica a 50 m de distância.

- Pistola de ar: Com armas de ar comprimido e dez metros de distância o programa é igual ao da pistola livre.

- Tiro rápido masculino: O competidor fica a 25 m de distância munido de uma pistola que pode receber cinco tiros. No total, ele tem 60 tiros em duas fases de 30.  

- Tiro rápido feminino: O competidor fica a 25 m e a pistola tem capacidade para cinco tiros. No total, são seis séries de cinco tiros .

Tiro ao prato

- Skeet: O vencedor é aquele que acertar o maior número de pratos, atirados de casas alta e baixa.

- Fossa olímpica: O atirador precisa acertar um prato e tem dois tiros para isso. 

- Fossa dublê: São dois pratos que o competidor precisa acertar com apenas dois tiros.



Comente: