Algumas curiosidades sobre o Boxe




O boxe é um dos mais simples e antigos esportes. Duas pessoas (geralmente homens) lutam umas contra as outras com seus punhos até que um deles seja nocauteado. Acrescente uma história secular, um elenco de personagens extravagantes, uma potente dose de controvérsia e corrupção, e a sempre presente possibilidade de glória ou tragédia, e você obtém algo ainda mais estimulante do que um teste básico de força e vontade.

Neste artigo, veremos os fundamentos do boxe, como se perde ou ganha, as classificações, as divisões e títulos, a ciência por trás dele, a história do boxe e o perigo do esporte.

Domingo vs. Ortiz

Domínio público
Ricardo Dominguez (esquerda) lutou até o final para ganhar a luta contra Rafael Ortiz do Oregon

Fundamentos do boxe
Em uma luta de boxe existem regras para indicar um vencedor, manter a luta interessante para os fãs e reduzir a chance de ferimentos sérios nos boxeadores. As regras variam entre o boxe amador e o boxe profissional, e mesmo entre as organizações de boxe profissionais. Antes de uma luta importante é feita uma reunião sobre regras, a partir da qual as regras particulares para a luta em questão são explicadas.

O ringue de boxe é uma plataforma quadrada elevada com uma superfície de lona assentada sobre aproximadamente 3 cm de acolchoado. Cordas flexíveis cercam o ringue, presas a estacas de aço em todos os quatro cantos. As dimensões exatas do ringue dependem da organização sancionadora da luta. Os ringues em pequenas áreas podem ter somente 5 metros de diâmetro, enquanto o boxe olímpico permite ringues de até 6 metros de diâmetro. Algumas poucas organizações profissionais permitem ringues de até 7,5 metros de diâmetro.

ring de boxe com o campeão
Foto cedida stock.xchng
Um ringue de boxe no final de uma luta

Existem várias coisas que um boxeador não pode fazer dentro do ringue. Os boxeadores não podem:

  • desferir golpes abaixo da cintura
  • atacar quando o oponente está caído na lona
  • chutar
  • atacar com cotovelos, antebraços ou a parte interna da mão (tapa)
  • dar cabeçada
  • morder as orelhas (você provavelmente acharia que essa regra não precisava ser declarada, mas Mike Tyson provou que você estava errado)
  • agarrar-se às cordas
  • enfiar o polegar no olho (na entrevista pós-luta depois de derrotar George Foreman no "Estrondo na Selva", em 1974, o olho direito de Muhammad Ali estava vermelho e inchado devido ao polegar de Foreman)
  • atracar-se, abraçar ou agarrar excessivamente

Cometer qualquer um desses atos pode resultar em uma infração, o que causa a dedução de pontos pelos juízes. Cometer uma infração repetidamente ou muito flagrantemente resulta na desclassificação pelo árbitro.

Uma luta de boxe é dividida em assaltos (rounds) de dois ou três minutos, com um período de descanso de 1 minuto entre eles. Nos campeonatos, as lutas profissionais têm 12 assaltos (elas costumavam chegar a 15). Dez assaltos ou menos podem ser definidos para classificações inferiores. As lutas amadoras têm somente três, quatro ou cinco assaltos e duram dois minutos. As divisões de juniores podem ter assaltos ainda mais curtos.

luva de boxe
Foto cedida Dave Green
Um luva de boxe típica

As luvas de boxe são feitas de couro almofadado e são projetadas para proteger as mãos e para reduzir os danos causados no oponente. Sob as luvas, as mãos são cuidadosamente envoltas em bandagens atléticas (esse procedimento é estritamente regulamentado). Os boxeadores amadores também usam protetores de cabeça que basicamente evitam cortes e arranhões.



Comente: