Como foi o titulo do Ravens no Super Bowl 47





A conquista do segundo título do Super Bowl pelo Baltimore Ravens foi garantida em uma partida com tantas nuances que o encontro entre os irmãos Jim e John Harbaugh, técnicos de San Francisco 49ers e do Ravens, respectivamente, ficou em segundo plano na partida disputada no Mercedes-Benz Superdome, em New Orleans, na noite deste domingo.

A 47ª edição do Super Bowl, vencida por 34 a 31 pelo Ravens, teve um "apagão" de mais de 30 minutos, quando o duelo parecia praticamente definido para a equipe de Baltimore, que, no entanto, precisou conter uma reação do 49ers. Antes disso, Jacoby Jones se consagrou ao fazer um touchdown de 108 jardas, o mais longo da história do Super Bowl.

O quarterback Joe Flacco, do Ravens, foi eleito o MVP da partida. Ele terminou a decisão em New Orleans com 22 passes completados de 33 tentados, com 287 jardas, três touchdowns e nenhuma interceptação.

O JOGO - Após dois quartos em que dominou totalmente o jogo, parecia que o Ravens venceria facilmente o Super Bowl. A equipe de Baltimore chegou a abrir 22 pontos de diferença, mas após um apagão no estádio e no time, o San Francisco reagiu e diminuiu para dois a diferença no placar. Mesmo assim não foi suficiente para o 49ers levantar a taça. Assim, o Ravens venceu por 34 a 31, com grandes atuações de Flacco e de Jacoby Jones, e também coroando a aposentadoria do defensor Ray Lewis. Do lado do 49ers o destaque foi o jovem Colin Kaepernick.

A defesa do San Francisco, que já havia vacilado nos playoffs contra o Atlanta Falcons (quando começou perdendo de 17 a 0 antes de virar o placar) voltou a errar em New Orleans. O Baltimore começou melhor e logo abriu o placar. Flacco encontrou dentro de end zone Anquan Boldin e colocou o Ravens na frente (7 a 0). O 49ers ainda tentou reagir e conseguiu um field goal de 36 jardas com David Akers, terminando o primeiro quarto perdendo por 7 a 3.

O Ravens aproveitou os erros do 49ers para ampliar a vantagem no segundo quarto. A equipe conseguiu um touchdown de uma jarda com Denis Pitta após passe de Flacco para fazer 14 a 3. E Flacco continuou em uma jornada excepcional. O jogador efetuou um dos lances mais bonitos da noite, escapando da pressão e lançando 56 jardas o outro grande nome da noite, Jones, que ainda dançou em frente da defesa antes de marcar e abrir uma grande vantagem para o Baltimore (21 a 3). O San Francisco ainda converteu um field goal, mas foi ao vestiário perdendo por 21 a 6.

Se a lembrança da reação diante do Atlanta ainda era um fio de esperança para o San Francisco virar o jogo, Jones tratou de colocar um balde de água fria e ainda escrever seu nome na história do Super Bowl. O wide receiver, em uma corrida de 108 jardas, colocou o Ravens 22 pontos à frente (28 a 6), e fez o touchdown mais longo da história do Super Bowl. Mas ainda havia jogo pela frente.

Um queda de energia no estádio atrasou em 36 minutos o que parecia ser uma vitória certa do Baltimore. Mas o 49ers acordou quando a luz voltou e mudou o jogo. Em poucos minutos a equipe de San Francisco fez dois touchdowns (o primeiro com Michael Crabtree e o segundo com Franck Gore) e um field goal para diminuir o placar para cinco pontos (28 a 23).

No último quarto, Justin Tucker acertou field goal de 19 jardas para o 49ers a 12min54 do fim para fazer 31 a 23 para a sua equipe. Porém, Colin Kaepernick carregou a bola e marcou o terceiro touchdown seguido para o San Francisco e incendiou de vez o jogo, baixando a diferença para dois pontos - 31 a 29 - faltando pouco mais de nove minutos para o fim da partida.

Apesar da esperança dada pela inesperada mudança de atitude do 49ers de ver a maior virada na história do Super Bowl acontecer, a vantagem inicial do Ravens falou mais alto no final. A equipe acertou um field goal de 38 jardas com Tucker para fazer 34 a 29. Segurando o jogo e contando os segundos - cedeu ainda um safety de dois pontos, quando o adversário o derruba em sua própria end Zone -, o time de Baltimore saiu vitorioso por 34 a 31 para garantir o seu segundo título do Super Bowl. Também foi a primeira vez que o San Francisco chegou ao Super Bowl e não levantou a taça. Em todas as outras cinco ocasiões a equipe havia sido campeã.




Comente: