O que é o sprint no ciclismo





Vamos fazer uma série de matérias sobre sprints, mas antes de abordar sobre treinamento para melhorar o sprint, explosão, força, vou definir primeiro o que é um "sprint" e quais tipos de "sprints".

Algumas definições:

- Sprint, no ciclismo de estrada, é uma disputa entre vários ciclistas no trecho final de uma etapa ou nas proximidades de uma meta intermediária.

- aumento de velocidade na parte terminal de uma corrida ou de cada etapa da corrida

- corrida de velocidade em curta distância.

A última definição é a mais correta para a fisiologia. É um esforço anaeróbio álatico(sem acumulo de lactato) que dure na faixa de 10-15segundos. Sendo assim o sprint no final de uma corrida mais longa não pode ser chamado de sprint como é usado em todo o mundo. Mas esse é o nome popular das eletrizantes disputas nos últimos metros de uma competição. Mas porque não seria um sprint?

Ao final de uma prova mais longa, seja de circuito ou de estrada, aonde o atleta chega ao final da prova desgastado e a resistência também prevalece, o ideal seria chamar o "sprint" de resistência de velocidade. É muito difícil ao final de uma prova ou nos últimos metros o atleta não estar com níveis de lactato altos, pernas já queimando, sendo assim, o atleta que resiste melhor a velocidade imprimida ao final da corrida, melhor resistir ao alto esforço feito nos últimos metros e quilômetros, e ainda conseguir imprimir mais potência no final, tem grandes chances de vencer a prova.

De forma diferente acontece o sprint de Pista, são os velocistas. Atletas que tem uma enorme explosão e velocidade, mas não possuem boa resistência ao menos para chegar ao final de uma competição de rua. As provas de velocidade na Pista são totalmente ou praticamente anaeróbias aonde a explosão, velocidade máxima e força são predominates.

Note nas fotos a diferenças físicas de um velocista de Pista(Chris Hoy – Campeão Olímpico e Mundial) e um sprintista de rua (Mark Cavendish – Vencedor de várias provas importantes internacionais).

O velocista de Pista é mais forte devido ao treinamento que ele faz para desenvolver suas características de força, explosão e velocidade, enquanto o sprintista de rua é um pouco mais magro por causa do seu treinamento de resistência que ele faz além do de velocidade.



Comente: