Posições básicas do Nado Sincronizado




http://www.colegioweb.com.br/wp-content/uploads/2012/06/216.jpg

O Nado Sincronizado pode ser disputado na modalidade Solo (com apenas um atleta), Dueto (com dois atletas) ou Conjunto (de quatro a oito atletas). O espaço utilizado para a apresentação deve possuir 12 metros por 12 metros (quadrado), com três metros de profundidade.

Observa-se que o atleta não pode tocar o fundo da piscina, nem as bordas.

O nado sincronizado envolve o uso de várias habilidades por parte do atleta como, por exemplo, força física, arte, precisão, flexibilidade, controle de respiração dentro da água e graciosidade.

O objetivo é apresentar as sequências de movimentos sincronizados, de acordo com a trilha sonora.

As posições básicas desta modalidade podem ser classificadas em: Flamenco (elevar uma perna sobre a água e outra perna até o peito), Delfin (uma volta completa sob a água) e Grua (de cabeça para baixo, o atleta forma uma ângulo de 90 graus entre tronco e pernas).

Na modalidade Duetos as figuras a serem demonstradas são Ariana (figura completa que requer flexibilidade e mobilidade na coluna), Combinação de Cancã em deslocamento, que pode ser Cancã (com perna esquerda), Cancã (com perna direita) ou Cancã flamingo e duplo. A Alçada de pernas e Alçada de tronco, Posição vertical com joelho flexionado e Eggbeater. O detalhe é que os movimentos devem ser realizados ao mesmo tempo, ou seja, em sincronia e sempre com o olhar na mesma direção.


Comente: