A importância da Educação Física





Quase relegada a segundo plano, uma das matérias clássicas se mostrou muito mais forte do que parecia, destacando a importância do educador físico

Quase deixada como disciplina não obrigatória durante a Reforma do Ensino Médio de 2016, mesmo depois de um evento de grande porte, como as Olimpíadas, a Educação Física ganhou força e conseguiu se manter como uma matéria importante para a sociedade. Hoje, o Curso de Educação Física tem muito mais destaque nas universidades.





Surfando nas ondas das Olimpíadas, se ascendeu a importância do esporte para as crianças e adolescentes, tanto para a saúde quanto como formador de caráter, já que ele se forma através dos hábitos, bons ou ruins. Por isso a importância do professor de Educação Física, uma vez que ela está diretamente relacionada a questões muito além do esporte.

No entanto, o que é Educação Física? Qual a verdadeira importância dela nas escolas? O que faz o profissional da área e onde ele pode atuar? Pensando em todas essas perguntas, foi elaborado esse texto pra que todos os interessados possam entender a área de Educação Física, bem como todos os seus desafios.

O que é Educação Física?

Partindo do básico, é possível dizer que a Educação Física é uma disciplina acadêmica que tem como missão estudar todas as diferentes formas e expressões corporais.

Embora o significado seja muito abrangente, a definição mais utilizada é que o curso de Educação Física cria profissionais que pensam, educam, disciplinam e treinam o corpo. No entanto, há pensadores que acrescentam que, ao disciplinar e educar o corpo, o educador físico também está trabalhando a mente, moldando hábitos, estética e, até mesmo, os relacionamentos interpessoais.





Por isso, quando se fala da graduação em Educação Física. É possível até ir mais além, já que a disciplina ainda engloba atividades de aprendizagem recreativa, como brincadeiras, jogos, danças, comportamento em grupo ou individual e até a qualidade geral da vida. Não é por menos que o objeto de estudo da disciplina é o movimento do corpo humano, assim como as suas interferências para o mesmo.

Os objetivos da Educação Física

Falando agora diretamente com a disciplina, de acordo com o Plano Nacional de Educação Física e Desporto, o dever do professor é encontrar o equilíbrio e a saúde do corpo, além da disposição física para ação e desenvolvimento de valores morais.

Para a política Nacional de Educação Física e Desporto possui objetivos mais específicos, como o melhoramento da aptidão física dos indivíduos, ascensão do nível esportivo em todas as extensões, além da própria implantação e prática de diferentes esportes, elevação do nível técnico e divulgação dos esportes como forma de lazer.





Simplificando, as faculdades de Educação Física e seus profissionais foram criadas para demonstrar o exercício de qualquer atividade motora, a qualquer movimento que envolva o corpo humano e toda a relação com o meio.

Como se formar um profissional da Educação Física

Para conseguir se tornar um educador físico, a pessoa interessada precisa fazer um curso superior, reconhecido pelo Ministério da Educação. Uma dica interessante é visitar o portal do MEC e verificar se a faculdade, a universidade ou o centro universitário no qual você precisa ingressar possui o reconhecimento necessário.

Durante a graduação em Educação Física, o aluno precisará cumprir certas horas de estágios, atividades complementares, aulas práticas e teóricas, sendo que, no final do curso, ele realizará um projeto, monografia ou Trabalho de Conclusão de Curso.





Depois de receber o diploma, não significa que o profissional de Educação Física já pode começar a trabalhar. Ele ainda precisa se cadastrar em uma sede do Conselho Regional de Educação Física, o CREF, solicitando a carteirinha. De acordo com o conselho, para se registrar são necessários os seguintes documentos:

Cópia autenticada do diploma

Cópia autenticada do Histórico Escolar Oficial

Cópia e original do RG e CPF

Cópia original da Certidão de Casamento

Cópia e original do comprovante de residência

E duas fotos 3 x 4 para documento oficial

Além de todos esses documentos, é necessário pagar uma taxa de inscrição. Para obter mais informações, procure a página com o CREF da sua região.

Seja com a formação da licenciatura ou bacharelado. No caso de querer se tornar um professor de Educação Física, gostar do ambiente da sala de aula, gostar de crianças e ainda possui um trabalho de didática, a licenciatura está totalmente dentro do perfil. Nessa média, são três anos de curso, sendo obrigatório o estágio nas escolas de ensino fundamental e médio.

Agora, se você curte o ambiente das academias, clubes, estúdios e spas, o melhor é optar o bacharelado de Educação Física. Vale ressaltar que o profissional em bacharel não pode lecionar nas escolas.

Onde o profissional de Educação Física pode atuar?

A grande vantagem dentro da Educação Física no Brasil é que a área de atuação é sempre ampla. Atualmente, ele é ainda maior, uma vez que está carecendo de profissionais da educação, tornando a empregabilidade para um educador físico mais alta.



Tanto para a licenciatura quanto para o bacharelado, os alunos aprendem a preparar e inferir as atividades de exercícios físicos. No entanto, conforme falado antes, somente o licenciado poderá trabalhar com educação infantil, ensino fundamental e ensino médio, além de elaborar pesquisas científicas.

Já na área de bacharelado de Educação Física, a possibilidade é muito maior. O principal mercado de trabalho estão nas academias, clubes, empresas e instituições privadas, condomínios, pousadas, resorts, colônias de férias e spas. Outra oportunidade que vem ganhando mais espaço na área de Educação Física é o personal trainer, que dá assistência personalizada e individual ao cliente.

Muito mais do que apenas trabalhar como treinador, colaborador na área de reabilitação física e até professor de Educação Física. No entanto, o mercado não para por aí. Um bom profissional ainda pode trabalhar por trás das cortinas, como em organização de eventos esportivos, como a área de marketing esportivo. Afinal, algumas dessas áreas exigem a especialização em Educação Física, para entendimento do assunto.

Tão importante quanto outras profissões, a Educação Física é responsável por formar não só pessoas saudáveis, mas também o caráter e até as relações pessoas.




Comente: