Regras do estilo costas na Natação




 

A natação é um dos esportes olímpicos mais antigos do mundo. No entanto, o estilo costas de natação não é tão antigo, tendo sido utilizado nas Olimpíadas apenas em 1912. De lá para cá, este estilo foi incluído como nova modalidade para as provas em campeonatos de todo o mundo.
São cinco as regras para o nado de costas nas provas de 100 e 200 metros e nas demais provas deste estilo.
• A saída: antes da saída é necessário que o atleta fique de costas para a piscina apoiado sobre os suportes de agarre, fixados ao bloco de saída. Para provas estilo peitos os suportes de agarre ficam em posições especiais em relação a outros estilos justamente pelo fato de ser um estilo de nado em que a saída é feita de forma diferente. Os pés podem ficar fora da água, mas não é permitido dobrar os dedos sobre o rebordo da calha;
• O nado em si: após a saída e após as viradas (no caso da prova de 100 metros existirão duas viradas e na de 200 metros existiram quatro viradas em piscinas olímpicas), o nadador deve sempre executar as braçadas de costas. Quando fizer as viradas, o nadador pode executar alguns movimentos diferentes, mas isso é tratado em outra regra;
• A posição na água: durante todo o processo de braçadas do atleta é necessário que alguma parte do seu corpo esteja fora da água, ou seja, acima da superfície. Há duas exceções que são os momentos de saída e após as viradas, quando é permitido ao nadador permanecer por até 15 metros totalmente submerso. A regra fala que antes de completar os 15 metros o nadador deve começar a realizar as braçadas (sempre de costas);
• A virada: como são provas de 100 e 200 metros, as regras da natação estilo costas se fazem necessárias principalmente na hora das viradas, já que as piscinas não possuem o comprimento total da prova. Durante a virada é permitido ao nadador deixar seus ombros na posição vertical após dar uma única braçada contínua ou uma dupla braçada no modo crawl, ou seja, no modo tradicional para iniciar o movimento. No entanto, no momento imediato a estas braçadas, o nadador deve retornar a posição de costas. Ao fazer a virada o atleta também deve tocar com alguma parte do seu corpo na parede da piscina;
• O fim da prova: para que a prova seja completada pelo nadador é necessário um toque com os dedos sobre a parede da piscina. A prova sempre termina no seu início, ou seja, o último toque deve acontecer na parede de onde o nadador saiu.
Renove suas estratégias para o ensino e treinamento do Nado Costas. Curso com excelente conteúdo para estudantes e profissionais. Clique aqui!  
O resultado final é definido pelo tempo em que cada atleta demorou para realizar a prova. Logicamente, aquele que demorou menos tempo para completar a prova (tocar com o dedo na parede da piscina de onde ele saiu) é o vencedor.


Comente: