Preparação Física no Voleibol












A preparação física, nos dias de hoje e em qualquer modalidade esportiva, fundamental. Mais do que isto, ela ao mesmo tempo, segmento de suporte e de complemento das demais preparações, isto da técnica, da tática e, até‚ mesmo, da mental e psicológica. A mudança nas regras do voleibol exige cada vez mais aperfeiçoamento constante da preparação física do atleta de voleibol. Ele necessita de exercícios de flexibilidade, força, resistência, velocidade e agilidade.

A preparação física é um dos componentes mais importantes do vôlei. Lembro-me que nós diminuímos a diferença que tínhamos para as cubanas, quando passamos a dar mais importância para o condicionamento físico. Nos últimos anos o voleibol mudou muito. Os atletas estão cada vez mais fortes. Quem não seguir essa tendência, certamente encontrará dificuldades para se adaptar ao voleibol moderno.

O preparo físico no Voleibol saudável correto e eficiente de um atleta o predispõe a participar e desenvolver todas as suas demais atividades de preparação com vontade, disposição e confiança. É, pois, sem dúvida alguma, um requisito dos mais importantes, para o qual também deve ser dispensada meticulosa, séria, planejada e apurada atenção. Sem o condicionamento físico correto, a atleta não tem condições de manter um bom desempenho. Parece que existe uma relação direta entre a parte física e a psicológica, porque, quando as atletas estão bem fisicamente, elas se sentem mais confiantes técnica e taticamente.

O trabalho do preparador físico é, obviamente, executar o planejamento colocando em prática uma metodologia que conduza os jogadores aos níveis pré - estabelecidos para cada qualidade física.

Seu objetivo é planejar. O Planeamento é, pois, o processo que o treinador possui para poder definir as linhas de orientação do treino, quer ao longo de vários anos (plano a longo prazo), quer ao longo de um ano de treino. A periodização é a maneira de organizarmos e controlarmos as cargas de treino da temporada de acordo com as "respostas" fisiológicas do atleta.

A preparação física atualmente influi decisivamente no rendimento final e é realizada cientificamente. São utilizados todos os recursos disponíveis na informática, na fisiologia, na engenharia de equipamentos, etc..., tudo com o propósito de diminuir qualquer possibilidade de erro.

A organização das sessões da temporada é feita pelo professor de educação física, através da periodização, que é elaborada com o tipo de sessão, carga dos treinos, época de competição, amistosos etc.

DICA PARA QUEM TRABALHA COM VOLEIBOL

O guia " Voleibol  Como Montar Treinos Passo a Passo com mais de 170 exercícios" é uma EXCELENTE ferramenta para o trabalho dos profissionais que almejam cada vez mais propor atividades diversificadas para as crianças, adolescentes e adultos. Clique aqui e saiba mais!



Dicas para Profissionais:
  • Atividades para aplicação imediata em aulas

  • Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

    Comente: