Um pouco da história do Voleibol









O Voleibol teve sua origem na cidade de Holyoke, Massachussetts (EUA), em meados de 1895, foi criado pelo professor Willian Morgan, Diretor da Associação Cristã dos Moços (ACM). Na época este esporte tinha o objetivo de levar as pessoas mais velhas a jogar sem maiores desconfortos físicos e diminuir as lesões devido ao fato de não haver o contato físico entre ele.

A primeira quadra media 15,75m de comprimento, 7,625m de largura. A rede tinha a largura de 0,61m, o comprimento de 8,235m e sua altura era de 1,98m (do solo ao bordo superior). Morgan deu nome de Minonette ao novo esporte, mas pouco tempo depois ele se transformou em Volley-Ball.

Nesta época, o voleibol tinha outros nomes como minonette ou mintonette. E um ano mais tarde, após algumas exibições de jogos nas cidades de Massachussetts e Nova Inglaterra, o nome do desporto passou ser chamado de Volleyball, sugerido pelo Dr. Halsted.




O primeiro artigo sobre o novo esporte foi escrito em 09 de julho de 1896 por J. Y. Cameron – O volleyball é um jogo apropriado para o ginásio ou quadra coberta, mas que pode, também, ser praticado ao ar livre. Qualquer número de pessoas pode praticá-lo. O jogo consiste em conservar uma bola em movimento sobre uma rede alta (1,83), de um lado para o outro, apresentando as características do tênis e handball.

Nos anos 1900 houve um expressivo crescimento do Volleyball o que fez que este se desenvolvesse no Canadá e, em seguida, chegasse ao Japão, à China, ao México, aos países asiáticos, africanos e ao continente sul-americano. Em 1910 o desporto começou a se desenvolver na América do Sul, no Peru. Vale destacar que, nesse período, os Governos do Peru e dos EUA desenvolveram programas de Educação Física para crianças carentes de atividades físicas

Historicamente, o volleyball chegou ao Brasil por volta de 1915, mais especificamente em Pernambuco, no Colégio Marista. Outros autores relatam que a modalidade teve seu inicio em meados de 1916 e 1917 através da ACM (Associação Cristã de Moços) de São Paulo. Em 1946, a Confederação Sul-Americana foi criada no Brasil. Pode-se destacar que a partir da evolução histórica deste desporto pode-se relatar que também que a FIVB (federação internacional de voleibol) foi fundada em 1954 em Paris, na França. No Congresso de Sofia, em 1962, o Volleyball foi reconhecido como esporte olímpico, tendo a primeira participação em Tóquio no ano de 1964 com o time masculino da Rússia (URSS) consagrando-se como a primeira equipe campeã olímpica, o Brasil ocupando o 7º lugar na disputa e o Japão foi o campeão com a equipe feminina




  A criação da Confederação Brasileira de Voleibol (C. B. V) no ano de 1954 desencadeou a formação dos Campeonatos Brasileiros, que passaram a ser elaborados e executados pela própria entidade que foi se especializando e, a partir de 1956, continuam sendo realizados nos dias atuais com altas tecnologias de treinamentos físicos, participação de vários patrocinadores e transmissão dos jogos na impressa televisiva com alta qualidade. Os clubes de futebol investem tanto nas quadras de jogos quanto em organização e infraestrutura, contratando profissionais de alto nível, com reconhecimento internacional para treinar, supervisionar e gerenciar suas equipes. O Voleibol brasileiro é considerado mundialmente como o melhor devido ao alto nível de desempenho e capacitação de técnicos, atletas e seus dirigentes.  A prática do voleibol no Brasil permite considera-lo o segundo esporte mais popular.

Como professora, eu recomendo um ebook excelente de exercícios de Voleibol para agilizar a elaboração de aulas, que traz 300 exercícios para colocar em prática imediatamente. Cique aqui e conheça o guia +300 exercícios de Voleibol





Dicas para Profissionais:
  • Atividades para aplicação imediata em aulas

  • Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

    Comente: