Hidratação no Voleibol de Praia










O voleibol de praia é um esporte diretamente derivado do voleibol de quadra, cuja estrutura do esporte é a mesma do voleibol tradicional: uma quadra dividida em duas partes por uma rede. As duas grandes diferenças é que o voleibol de praia é jogado em solo de areia, e sua equipe pode ser formada por dois a quatro jogadores. Vale a observação de que no voleibol de quadra são dispostos seis jogadores em cada lado da quadra.

Esse esporte pode ser caracterizado como uma modalidade esportiva com predominância anaeróbia na maioria das ações motoras realizadas pelos atletas, sendo que as características esportivas somado com o ambiente em que é realizado impõem aos jogadores uma acentuada perda hídrica, a qual associada à baixa ingestão de fluidos contribui para ocorrência da desidratação.

A hidratação após a atividade é fundamental para uma boa recuperação, pois, além de repor as perdas hidroeletrolíticas, pode, caso esteja associa­da à ingestão de carboidratos, restaurar as fontes energéticas, permitindo ao atleta uma recuperação mais rápida e eficiente para a próxima sessão de treino ou competição. Os jogadores de vôlei de praia se hidratam nos treinamentos, apresentando um hábito adequado para seu rendi­mento;

A desidratação entre atletas competitivos pode ocasionar vários efeitos sobre o desempenho esportivo, entre eles diminuição da resistência muscular à fadiga, diminuição da função cognitiva, esvaziamento gástrico e alteração da termorregulação, alterando consequentemente a sudorese.

A perda hídrica pela sudorese durante o exercício pode levar o organismo do atleta a um quadro de desidratação, ocasionando um aumento da osmolaridade, da concentração de sódio no plasma, e diminuição do fluxo plasmático. Quanto maior a desidratação, menor a capacidade de redistribuição do fluxo sanguíneo para a periferia, menor a sensibilidade hipotalâmica para a sudorese e menor a capacidade aeróbica para um dado débito cardíaco, ou seja, quanto maior for a desidratação, maior será a probabilidade de o atleta apresentar algum evento deletério prejudicando assim sua performance.

Assim sendo, fica claro que o estado de hidratação é um fator determinante para a prática de atividades físicas, e que estratégias de reposição hídrica devem ser adotadas. Desta forma, este estudo teve como objetivo avaliar o estado de hidratação em atletas de voleibol de praia durante o treinamento.



Este curso vai proporcionar a você ter total conhecimento: Técnicas, procedimentos, metodologia, oportunidades, criatividade relacionados aos fundamentos do voleibol como saque, toque, manchete, levantamento, ataque, defesa e bloqueio.Aprenderá como montar treinos para suas equipes sendo elas escolares, de comunidade e clubes. Clique aqui e saiba mais!



Dicas para Profissionais:
  • Atividades para aplicação imediata em aulas

  • Nos Siga nas Redes Sociais: Twitter, Facebook, Instagram, Youtube . Adicione no grupo do Whatsapp

    Comente: